domingo, 27 de novembro de 2011

"ABRE A CAT?"

Prezados leitores.

Nasci na promissora cidade de Rondonópolis, estado do Mato Grosso, mas praticamente cresci e vivi em Goiânia, cidade que verdadeiramente aprendi a amar. Mesmo sendo bairrista, tenho que assumir: “quem te conhece não esquece jamais... oh, Minas Gerais!” Sábias palavras dessa canção...

Acabo de chegar de Belo Horizonte, a bela capital mineira onde cultivo amizades preciosas. Estive lá por 2 dias, falando sobre “Legislação do Trabalho & Saúde do Trabalhador” para um grupo de, aproximadamente, 35 médicos, que tive o prazer de conhecer há um ano e meio atrás. É impressionante o que o tempo faz com as pessoas! O grau de conhecimento e experiência adquirido por esse grupo em 18 meses já é algo notável. O que era para ser uma aula, virou uma importante troca de experiências e aprendizados. Fantástico!

Na viagem, tanto na ida, quanto na volta, me dediquei à leitura do recém-lançado livro do querido Dr. Lenz Alberto Alves Cabral, Médico do Trabalho de competência ímpar, e, sobretudo, um ser humano admirável. O título do livro, da Editora LTr, é “Abre a CAT?”. Nele, o Dr. Lenz aborda, com uma ótima didática, entre outros importantes temas, a “equação do nexo causal”. Trata-se de uma ferramenta de uso simples, que já venho usando em meus trabalhos desde 2009 (quando vi uma apresentação sobre o assunto, feita pelo próprio Dr. Lenz, em Salvador), e que muito tem me ajudado. Conforme o próprio autor, é uma ferramenta que ainda necessita ser aperfeiçoada, no entanto, indico o seu estudo, desde já, a todos os profissionais que atuam na área de saúde ocupacional.  

Além da valiosa “equação do nexo causal”, o livro traz também conceitos (para mim) novos e bem interessantes. Chamo a atenção para os conceitos de “Acidente Dupla Espécie” e “Doença Transocupacional”. Enfim, a obra é prazerosa em sua leitura e muito bem embasada. Recomendo.

Um forte abraço a todos e até terça-feira (29/11), data provável para postagem de um novo texto nesse blog.

Que Deus nos abençoe.

Marcos Henrique Mendanha
Twitter: @marcoshmendanha

Um comentário:

  1. Dr. Ricardo A. Salgueiro29 de novembro de 2011 10:25

    Em tese tudo muito lindo. Mas, as instituições "abrem a CAT"?

    ResponderExcluir

Os comentários só serão publicados após prévia análise do moderador deste blog (obs.: comentários anônimos não serão publicados em nenhuma hipótese).